Quando a última árvore tiver caído, o último rio tiver secado, quando o último peixe for pescado, vocês vão entender que o dinheiro não se come.

Greenpeace

I hope that God exist!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

O baloiço



O baloiço
Acrílico s/tela, 70x100cm
Quando eu era criança passava férias em Tomar, na casa dos meus tios, lá havia um baloiço pendurado numa oliveira. Este precioso brinquedo era partilhado com a mana Rute e as primas Sofia Graça e Sóninha. Nunca nos cansávamos. Naquele tempo eramos realmente felizes

2 comentários: