Quando a última árvore tiver caído, o último rio tiver secado, quando o último peixe for pescado, vocês vão entender que o dinheiro não se come.

Greenpeace

I hope that God exist!

quarta-feira, 7 de março de 2012

Sobre a minha próxima exposição

Gosto de coisas simples, gosto tanto de coisas simples que até os meus sonhos são simples, tal qual os das crianças, cujas cabeças não têm espaço para coisas complicadas.
Os meus sonhos são tão simples que, quando sonho que voo nem sequer preciso de aeronaves ou asas, movimento os braços como se estivesse a nadar e voo rente ao chão para o caso de cair não complicar a queda.
Assim é a garota portadora de sonhos, ela sonha que quando crescer vai pintar um quadro tão famoso quanto Olympia de Edouard Manet , vai ser uma princesa que passeia por Paris num dia de vento, na sua sala com vista sobre o rio tem um cadeirão luxuoso onde deixa o seu gato passear e afiar as garras, viaja para Veneza com um penteado digno de uma rainha e passeia com um vestido de algodão durante um nevão bastando um raio de sol para não sentir frio.

Sem comentários:

Enviar um comentário