Quando a última árvore tiver caído, o último rio tiver secado, quando o último peixe for pescado, vocês vão entender que o dinheiro não se come.

Greenpeace

I hope that God exist!

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Depois da escola vou aos ninhos




Depois da escola vou aos ninhos, Acrílico sobre papel, 50x70cm, 2010
Colecção particular

Este trabalho surgiu de um pedido de uma encomenda, a sra recorda da sua infância a ida aos ninhos , largava a sacola e subia à árvore
Baseei-me na virgem de Dieric Boults e retratei a menina depois da acção, segura o ninho entre as mãos enquanto o casal de pássaros procura os seus filhos. A inocência está retratada pela virgem e pela expressão tranquila das suas mãos, o seu olhar é terno e diz-nos que não vai fazer mal aos pobres bichos.
Esta menina mostra-nos que há má acções que podem vir quem ama e quer cuidar

2 comentários:

  1. Muito belos teus trabalhos. Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. É engraçado como todas as tuas pinturas permitem ao espectador imaginar uma história completa :)

    ResponderEliminar