Quando a última árvore tiver caído, o último rio tiver secado, quando o último peixe for pescado, vocês vão entender que o dinheiro não se come.

Greenpeace

I hope that God exist!

domingo, 17 de janeiro de 2010



A Submissa, Acrílico sobre papel, 70x100cm, 2009
Pintura de Ana Cristina Dias


A tola da Zebra deixava que a sua companheira comandasse a sua vida, nunca percebeu
que com esta sua atitude estava a presenteá-la com o seu bem mais precioso. A Águia por sua vez, aproveitava-se desta fragilidade e pensava que, se podia dominar a sua companheira então também podia ser rei e senhor do mundo, pavoneava-se sempre que saía à rua, uma tonta vaidosa, mas de nada lhe servia, a sua triste vida continuava a não lhe bastar e por isso compensava apoderando-se da sua tola Zebra.

Sem comentários:

Enviar um comentário